O que são as minhoquinhas que flutuam no seu olho?

pexels-danish-ahmad-4124335

Já aconteceu de você perceber uma mancha transparente se mexendo no seu campo de visão? E daí você percebe que é algo que acontece no seu olho e bate um leve desespero. Saiba que isso é normal, todo mundo tem. Algumas vezes parecem umas minhoquinhas enquanto outras vezes são alguns pontos. O post de hoje é para quem quer entender o que são as minhoquinhas que flutuam no seu olho.

A maioria das pessoas pensa que essas minhoquinhas são micróbios, bactérias ou até mesmo algumas impurezas. Mas isso não é verdade, essas manchas são uma ilusão de ótica pois elas somem quando nós ajustamos nosso foco para elas, mas voltam a aparecer depois de um tempo.

Na verdade essas minhoquinhas são pequenos tecidos do nosso corpo, como glóbulos vermelhos ou proteínas. Nós conseguimos ver a sombra que elas fazem na nossa retina quando entram no globo ocular. Há quem ache curioso acompanhar o caminho dessas tecidos dentro do globo ocular. Nesses casos, para conseguir vê-los melhor, o ideal é focar em um fundo claro e de cor uniforme, como uma parede, o céu ou a tela de um computador. Assim você vai conseguir observar a manchinha por mais alguns segundos.

Outro fenômeno comum é ver algumas luzes piscando em nossos olhos. Pode acontecer após você esfregá-lo com força ou ao olhar para uma superfície clara como céu. O nome correto disso é Fenômeno Entóptico do Campo Azul. Essas luzinhas são os glóbulos brancos se movimentando pelos capilares da superfície da sua retina no ritmo do seu pulso. Pode acontecer dessas luzinhas brancas aparecerem com um rabinho preto. Isso nada mais é que um glóbulo branco seguido de algumas hemácias, os glóbulos vermelhos.

Se às vezes você vê as minhoquinhas flutuantes ou as luzinhas brilhantes, não se preocupe. Na verdade, nosso cérebro aprende a ignorá-las. Mas se elas se tornam frequente, principalmente as minhoquinhas flutuantes, é importante procurar um oftalmologista para verificar se há algum problema mais sério.

Esse vídeo é bem didático e explica bem os dois fenômenos visuais.